Você está aqui: Página Inicial
DIVULGAÇÃO DO RESULTADO DA SELEÇÃO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE FILOSOFIA

Relação dos alunos aprovados no processo seletivo após conferência preliminar da documentação. Confira a lista, em ordem alfabética, clicando aqui!

Pós Graduação em Ensino de Filosofia da UFSCar

Dossiê Iluminismo na edição de maio da Revista de História da Biblioteca Nacional

Divulgação: Desde 2005  a Revista de História da Biblioteca Nacional (RHBN) vem contribuindo para a divulgação da pesquisa histórica para todos os tipos de público. Além das edições vendidas em bancas de jornal e livrarias de todo o país, mensalmente, mais de 120 mil exemplares seguem para bibliotecas de escolas públicas brasileiras (graças a um convênio com o MEC) auxiliando, informando e atualizando professores e estudantes. Nste mês de maio há um dossiê sobre o iluminismo, que que será um excelente auxílio para professores de filosofia no trabalho e preparação de suas aulas. Vale a pena conferir

"Filosofia: As crenças na razão

Artigo: Grandes pensadores do Iluminismo compartilhavam o mesmo apreço pela lucidez, mas divergiam no resto, nas teorias que unem pensamento e ação

Adriana Maamari, 1/5/2014

O que há em comum nas obras de autores diversos durante um século inteiro a ponto de justificar uma única denominação para aquele longo percurso intelectual? No século XVIII, esta questão pode ser respondida com o auxílio da metáfora que o batizou: as “Luzes”.

A crença comum dos autores daquele período era a possibilidade de empreender uma passagem da obscuridade à luz, ou das trevas da ignorância à sabedoria. Para isso, era preciso definir um método que realizasse tal proeza. Um método priorizando a razão e a experiência, e não mais as verdades reveladas nas sagradas escrituras e propagadas por autoridades religiosas.

Mas a concordância terminava aí. Os pensadores da época nunca chegaram a uma doutrina comum, capaz de abarcar todas as outras em seu interior. Defendiam diferentes concepções filosófico-políticas. Em resumo, não houve uma unidade de pensamento no século das Luzes, mas sim muitas vozes dissonantes. Por isso é que o Iluminismo não pode ser qualificado como uma doutrina ou unidade teórica."

O artigo completo pode ser lido na edição de maio, no. 104.

 http://rhbn.com.br/secao/capa/as-crencas-na-razao

 Capa Revista de História da Biblioteca Nacional Edição Iluminismo

 

 

 

 

 

mec.png

 

Logo Lenfi 

 

DME.png

 

Logo Prograd

 

PROEXX.PNG 

 

 

 

 

« Julho 2014 »
Julho
DoSeTeQuQuSeSa
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

 

 

Facebook.png     twitter.png